Dois decretos em dois anos e nenhuma solução para a barreira do Cabo Branco, diz Raoni (PB)

13:43 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


O vereador Raoni Mendes (DEM) lamentou a falta de ação da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), que em menos de dois anos decretou por duas vezes estados de emergência para a problemática da barreira do Cabo Branco. O parlamentar tem cobrado soluções da atual gestão para o desgaste da falésia, que mesmo com dois decretos publicados ainda não teve iniciativa para resolver a situação do lugar.

Raoni Mendes explicou que o decreto publicado ontem em edição especial do Semanário Municipal repete o mesmo documento apresentado em 2014. "O decreto antigo relata os mesmos problemas causados pelo avanço do mar do anterior. Mesmo assim até agora não foi feito nada para conter o avanço do mar e consequentemente o desgaste da barreira", ressaltou.

O estado de emergência decretado pela prefeitura autoriza processos de desapropriação e dispensa licitação nos contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre. "Em 2014 a prefeitura justificou os deslizamentos que aconteceram no local no mês de setembro. Quase dois anos se passaram e agora um novo documento com as mesmas justificativas. A gestão acusa a Sudema, mas sabemos que a prefeitura não repassou os documentos necessários", disse o parlamentar

Durante a semana, o vereador usou as redes sociais para chamar atenção da população em relação a atual situação da barreira do Cabo Branco e pedir uma intervenção federal. “Nossa luta tem sido constante junto aos ‘Amigos da Barreira’ para preservar a falésia do Cabo Branco. Precisamos urgente de uma intervenção federal, pois a atual gestão municipal tem procurado culpados para justificar a negligência da administração para resolver o descaso", destacou.

Fonte: pbagora.com.br

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga