Orla da Tartaruga: continuam os trabalhos para conter o avanço do mar (RJ)

12:19 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 1 Comentarios


As obras para conter a erosão na Orla da Tartaruga continuam a todo vapor. Máquinas e operários trabalham diariamente na colocação de pedras, conforme prevê o projeto desenvolvido por engenheiros e técnicos da Secretaria Municipal de Obras.

A previsão é que os trabalhos prossigam por cerca de 1 km
(Fotos: Mauricio Rocha / Arte Rio das Ostras Jornal)
O serviço que está sendo executado no local, permitirá, no futuro, a reurbanização do calçadão, conforme explicou o secretário de Obras, engenheiro Wayner Fajardo. “O projeto prevê ainda que sejam colocadas pedras gigantes no local, que ficarão, em média, mais alta que o piso cerca de um metro e com um curvatura que permitirá que a onda se dissipe antes de chegar na encosta do calçadão", informou.

Desde março do ano passado, o mar avançou cerca de 12 metros, levando parte do calçadão, da ciclovia e até mesmo o ponto de ônibus. As adutoras da Companhia Estadual de Água e Esgoto- Cedae- também estavam ameaçadas e agora estão sendo recuperadas.

A previsão é de que o trabalho de contenção prossiga na orla, por cerca de 1km, até chegar o Trevo. De acordo com o morador Ancelmo Valente, quem passa pelo local, se sente mais tranquilo. Ele escolheu Rio das Ostras para morar há 5 anos.

Inaldo de Oliveira também estava preocupado com o trabalho e espera que o serviço venha conter o avanço do mar. “Mesmo que o local não seja utilizado mais para banho de mar, saber que a rodovia e as moradias estão seguras, é um alivio” comentou.

SEGURANÇA- A Secretaria de Segurança de Rio das Ostras continua orientando pedestres e motoristas para evitarem circular na Orla da Tartaruga, principalmente na hora que os caminhões estão fazendo o descarregamento das pedras. Desde que começaram a sobras, mais de 200 caminhões foram colocados no local. Os caminhões chegam geralmente entre 8h às 10h e das 14h às 15h30.

Fonte: Rio das Ostras Jornal

1 comentários:

Unknown disse...

Porque esses caras não adotaram o Bagwall? Creio que seria mais adequado que colocar as pedras pois as mesmas serão tragadas num futuro próximo pois não fazem parte da geografia local nem do tecido da orla.

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga