Aveiro recebe VIII Congresso sobre Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa

16:41 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Litoral de Santos. Foto: Mundo Lusíada
Litoral de Santos. Foto: Mundo Lusíada
Nos dias 14 a 16 de outubro, a Universidade de Aveiro vai receber o VIII Congresso sobre Planejamento e Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa.

Mantendo a tradicional rotatividade da organização deste evento, cujas edições anteriores decorreram em Ponta Delgada (Açores), Recife (Brasil), Maputo (Moçambique), Funchal (Madeira), Itajaí (Brasil), Ilha da Boa Vista (Cabo Verde) e Maputo (Moçambique), a próxima edição decorrerá em Aveiro, pela primeira vez em Portugal continental.

“As sete edições anteriores do Congresso iniciadas em 2001 possibilitaram uma enriquecedora partilha de experiências que certamente vai prosseguir e consolidar-se na sua oitava edição”, aponta a organização do evento que tem na Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos o representante português das Associações promotoras.

Existem diferentes realidades entre os países, as regiões, os locais e as comunidades dos participantes neste Congresso. Essas diferenças são de natureza geográfica, cultural, socioeconômica, institucional e ambiental. Participam no Congresso representantes de países com uma dimensão quase continental, como é o caso do Brasil, e de pequenos países, com características insulares como é o caso de Cabo Verde.

Porém, problemas comuns nas zonas costeiras associados à existência de vastas áreas marítimas, à exploração de recursos vivos e não vivo, às ocupações e atividades urbanas e turísticas, às pressões sobre os ecossistemas, ao desenvolvimento científico e tecnológico, ao controle de riscos, à necessidade de uma gestão integrada e à implementação de programas de ação estarão em discussão.

O VIII Congresso sobre Planejamento e Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa promove a partilha de conhecimento e experiências entre os participantes. O tema principal desta edição do Congresso é “O Contributo da Investigação Científica para a Gestão das Zonas Costeiras”, enquadrando os seguintes subtemas: Novas ferramentas de planejamento das zonas costeiras; Turismo nas zonas costeiras; Vulnerabilidade e risco nas orlas costeiras; Sistemas lagunares e estuarinos; Processos físicos e evolução da linha de costa; Participação ativa nas zonas costeiras; e, Zonas costeiras: custos e benefícios.

Este ano, em paralelo com o Congresso acontece ainda a 1ª Conferência Internacional sobre “Turismo em Zonas Costeiras – Oportunidades e Desafios”, proporcionando a organização de uma Mesa Redonda específica sobre o tema e a existência de uma Sessão Técnica. Além da apresentação de diversos posters integrados no tópico “Turismo em Zonas Costeiras”.

Dará o mote a este Congresso um curso sobre “Estratégias de Adaptação e Proteção da Zona Costeira às Alterações Climáticas”, que decorrerá no dia 13 de outubro. Saiba mais em www.aprh.pt/ZonasCosteiras2015.

Fonte: mundolusiada.com.br

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga