Estados discutem efeito das mudanças climáticas nas zonas costeiras

16:18 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios



Programa de gerenciamento costeiro de Alagoas, coordenado pelo IMA, participa da oficina que reúne técnicos e pesquisadores de todo o país.

Oficina discute mudanças climáticas em zonas costeiras
O Ministério do Meio Ambiente (MMA) realiza, nesta terça e quarta-feira (07 e 08), em Brasília (DF), a oficina de trabalho: Metodologia, ferramentas e bases de dados para a avaliação dos impactos das mudanças climáticas nas zonas costeiras. O Instituto do Meio Ambiente (IMA), responsável pela coordenação do programa de gerenciamento costeiro no estado, participa do evento para melhorar as ações na costa alagoana.

O coordenador de gerenciamento costeiro do IMA, Ricardo César, representa o estado no evento que pretende promover o diálogo da comunidade técnica-científica e gestores públicos para nivelamento das iniciativas e estudos sobre risco e vulnerabilidade da zona costeira aos efeitos das mudanças climáticas.

Ele disse que o estado deve acompanhar os estudos e o avanço das discussões que envolvem questões sentidas em Alagoas, “como o avanço do mar e as ações para adaptação às mudanças”.

Durante os dois dias de trabalho, pesquisadores e gestores devem trocar experiências e aprendizados sobre a temática e conhecer a proposta de projeto que deverá ser desenvolvido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe das Nações Unidas (CEPAL) e pelo Instituto de Hidráulica da Cantábria (IHC), em parceria com o MMA.

Representantes de instituições de pesquisa dos estados de Pernambuco, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, São Paulo, Rio de Janeiro, apresentam estudos sobre o mapeamento de áreas vulneráveis, geotecnologias aplicadas ao monitoramento, quantificação do risco costeiro, indicador de vulnerabilidade e formas de adaptação.

Há ainda a apresentação de estudos dos efeitos das mudanças climáticas nas costas da América latina e Caribe. Outro importante tema abordado será a apresentação sobre a utilização de dados oceanográficos e geoespaciais. Segundo Ricardo César, os coordenadores das equipes dos programas gerenciamento costeiro, de todo o país, deverão aproveitar ainda para se reunir, na quinta-feira (09).

Fonte: Tribuna Hoje

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga