Erosão volta a castigar orla de Ponta Negra (RN)

18:45 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Trecho atingido por erosão começa a ser recuperado na segunda
Trecho atingido por erosão começa a ser recuperado na segunda | Foto: Humberto Sales
A erosão marítima volta a castigar orla de Ponta Negra em trechos onde o enrocamento não chegou. O trecho mais crítico está entre as ruas Francisco Gurgel e Manoel Soares de Medeiros, onde parte da estrutura do calçadão está destruída. No entanto, segundo o secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), engenheiro Tomaz Pereira de Araújo Neto, o que ocasionou mesmo o problema foi o rompimento de uma galeria pluvial.

“A erosão do mar era previsível nessa faixa de praia. Onde tem enrocamento, está protegido e não aconteceu nada”, afirma o secretário. Tomaz Neto disse que já nas primeiras chuvas do período inverno em Natal, em abril, iniciou-se o processo erosivo, ocasião em que a Semov tapou o buraco aberto pelas águas pluviais. Segundo ele, o problema persistiu em maio e se agravou nas últimas chuvas de junho em virtude do entupimento da galeria pluvial pelo lixo jogado pela população. 

“Aí a água começou a jorrar por cima e começou a cavar entre a calçada e uma plataforma que havia no local, tipo o patamar e uma rampa que existia até a escadaria”, explicou o secretário. Ele informou que a partir de segunda-feira (13) a Semov deve começar a trabalhar na recuperação do trecho atingido. Tomaz Pereira Neto informou que da cota zero, a partir do Morro do Careca e até o fim de dois quilômetros de enrocamento, não ocorreu nenhum problema. O titular da Semov lembrou que, inicialmente, as obras do enrocamento contemplariam 1.790 metros de praia, mas ampliou até dois mil metros até depois do fim da avenida Erivan França para subir uma ladeira até a avenida Roberto Freire “porque adiante já começava o processo erosivo da praia”.

Segundo Tomaz Neto, o enrocamento em dois mil metros é provisório, previsto para durar dois anos. A obra definitiva será o engordamento que, segundo, Tomaz Neto abrangerá das imediações do Morro do Careca até a área de praia por trás do Natal Mar Hotel, já na avenida Senador Dinarte Mariz (Via Costeira). A empresa Tetra Tech Construtora foi contratada para fazer o estudo que definirá o projeto.

Fonte Tribuna do Norte

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga