Turistas se reúnem para admirar 'maré do século' na França

13:43 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Fenômeno é provocado por alinhamento excepcional da Lua e do Sol.
Próxima maré como esta deve ocorrer somente em 2033.

Onda atinge costa da comuna de  Wimereux, no norte da França  (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)
Onda atinge costa da comuna de Wimereux, no norte da França (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)
As cidades da costa norte da França se prepararam neste sábado (21) para o fenômeno conhecido como "maré do século". A lua cheia e o eclipse solar se combinaram para criar a maior maré vista desde 1997.

O famoso Monte Saint-Michel, na região da Normandia, na França, foi invadido por turistas. Desde as primeiras horas deste sábado, os visitantes atravessavam a passarela que garante o acesso do continente ao Monte Saint-Michel, segundo a agência France Presse.

Parecido com uma ilha, o Monte Saint-Michel é classificado como patrimônio da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e recebe turistas durante o ano inteiro. Os períodos de maré alta, no entanto, são os mais procurados.

Monte Saint-Michel é visto ao fundo em foto deste sábado: maré alta deve encobrir ligação de monte com continente (Foto: AP Photo)
A última "maré do século" foi em 10 de março de 1997 e a próxima será em 3 de março de 2033. E a deste sábado será a mais forte maré do século 21.

Este fenômeno ocorre pela conjunção de diversos fatores astronômicos como o alinhamento dos astros e a distância mais curta entre as órbitas. Isso porque as marés resultam da atração da Lua e do Sol sobre os mares e oceanos.

Com a maré do século, que ocorre a cada 18 anos ou mais, a amplitude das marés (máxima diferença entre maré baixa e alta) ultrapassa os 14 metros.

Saint-Malo

 Pessoas vão à praia da cidade de Saint-Malo para ver as ondas da maré do século (Foto:  AFP Photo/Guillaume Souvant)
Pessoas vão à praia da cidade de Saint-Malo para ver as ondas da maré do século (Foto: AFP Photo/Guillaume Souvant)
Na histórica cidade de Saint-Malo, cerca de 20 mil pessoas, de acordo com a prefeitura, se reuniram para assistir a maré alta na parte da manhã. Amontoados na calçada, com botas de borracha e capas, as pessoas imortalizaram com suas câmeras a espuma se elevando acima do dique antes de tomar um verdadeiro banho.

"Não havia muito vento, tomamos um pequeno banho, tudo na medida", comemorou Karine, que veio de Chartres (norte) com toda a família.

Alguns visitantes esperavam mais do fenômeno: "Para a 'maré do século', estou um pouco decepcionado", disse o turista Jean-Bernard Delamarche, em Saint-Malo à agência Reuters.
  Visitantes se reúnem na costa da cidade de Biarritz para observar a maré do século neste sábado  (Foto: AFP Photo/Gaizka Iroz)
Visitantes se reúnem na costa da cidade de Biarritz para observar a maré do século neste sábado
(Foto: AFP Photo/Gaizka Iroz)
Pessoas se reúnem para ver a maré em Saint Malo  (Foto: Reuters/Stephane Mahe)
Pessoas se reúnem para ver a maré em Saint Malo (Foto: Reuters/Stephane Mahe)
  visitantes se reúnem para obervar maré na cidade de Wimereux neste sábado  (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)
visitantes se reúnem para obervar maré na cidade de Wimereux neste sábado (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga