Maré alta provoca o avanço do mar sobre Grussaí e Açu (RJ)

13:11 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Clique na foto para ampliá-la
Preocupação. Em diversos pontos de Grussaí as ondas sobem pela orla e preocupam | Antônio Cruz / Divulgação
O problema de avanço do mar em São João da Barra (SJB) deixou de ser exclusivo em Atafona, que há anos sofre com a erosão, e passou a ser também de Barra do Açu, onde diversos imóveis já foram destruídos. E quem também tem sofrido com as forças da água do mar são os moradores de Grussaí. Porém, nesta área o problema é por conta da maré alta, segundo a Defesa Civil Municipal.

Em vídeos compartilhados nas redes sociais é possível ver o mar avançando sobre a faixa de areia em Grussaí. Apesar disso, o coordenador de Defesa Civil, Adriano Martins, diz que não há motivo para preocupação, pelo menos em Grussaí, onde a extensão de faixa de areia é grande. Segundo ele, o que houve foi um fenômeno natural. "Nós temos quatro tipos de maré e ela sobe mais ainda nas luas Nova e Cheia, e foi isso que aconteceu. Mensalmente temos este tipo de fenômeno e sempre monitoramos. Ela dura sete dias, com seu pico geralmente no quarto dia", explica Adriano, revelando que a maré chegou a atingir 1,40 metro.

Se em Grussaí nenhum imóvel chegou a ser atingido, o mesmo não pode ser dito sobre Barra do Açu. Na última quarta-feira as águas invadiram a avenida principal, alagando ruas e imóveis. Mas apesar disso, a Defesa Civil está realizando um serviço de drenagem e agora apenas uma rua ainda tem água. "Devido à erosão, as faixas de areia, tanto em Atafona quanto no Açu, já foram tomadas e, por isso, lá as águas chegam a alguns imóveis. Mas a gente realiza um monitoramento 24 horas e estamos fazendo drenagem da água onde ela ainda está acumulada. No Açu, apenas a rua do DPO ainda está com água, mas em breve conseguiremos retirá-la por completo", afirma o coordenador da Defesa Civil.

Fonte: O Diário

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga