O AVANÇO DO MAR! | A ameaça que vem do mar: mudanças climáticas afetam litoral brasileiro

01:47 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Cidades costeiras estão ameaçadas nas próximas décadas pelo avanço das mudanças climáticas, segundo o último relatório da ONU. Em algumas, como o Distrito de Atafona, em São João da Barra (RJ), essa realidade já tira o sono de seus habitantes.
Ruínas de uma casa de pescadores no Pontal de Atafona (RJ). Foto: Ricardo Bousequet
Por Sucena Shkrada Resk

“A cada ano o mar come um bocado da faixa de terra daqui. Vi a Capela dos Pescadores ser aterrada pela areia, o antigo farol da Marinha e muitas casas serem destruídas”, conta o artesão Jair Alves Vieira, 78 anos. Nas paredes do seu pequeno ateliê-garagem, localizado no distrito de Atafona, na cidade fluminense de São João da Barra, fotos antigas expostas junto às atuais mostram o drama vivido pelos moradores daquela região. As imagens revelam as mudanças que vêm acontecendo, desde a década de 1950, em um trecho de aproximadamente 1.200 metros, no pontal de Atafona, próximo à foz do rio Paraíba do Sul.

Esses fenômenos hoje ocorrem principalmente devido a processos de erosão costeira e pressão por conta da ação humana, que afeta, pelo menos, 40% da costa brasileira, conforme explica Dieter Muehe, geógrafo do Laboratório de Geografia Marinha da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que estuda a erosão e a progradação (processo natural de ampliação das praias) no litoral do país. Atafona é um dos pontos na extensa costa brasileira, formada por 395 municípios distribuídos em 17 estados litorâneos, identificados como vulneráveis ao avanço das mudanças climáticas nas próximas décadas, segundo o estudo Impactos, Vulnerabilidades e Adaptação, produzido pelo Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC). De acordo com os cientistas que elaboraram o estudo brasileiro, pequenas e grandes cidades não escaparão aos efeitos mais intensos, como tempestades violentas e a elevação no nível do mar.
Fonte: tainhanarede.blogspot.com.br

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga