Estragos na orla costeira e pouco mais (Portugal)

21:08 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Escolas estão fechadas esta manhã


 
O presidente do Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira garante que apesar do vento e da chuva fortes que assolaram a Região "não houve registo de problemas, nem de ocorrências" no arquipélago.

Luis Néri fez já o ponto da situação à TSF, que pode ouvir às 8h30, na 100 FM, relativamente às consequências da tempestade que colocou a Madeira sob um aviso vermelho, salientando que os maiores estragos ocorreram no litoral sul devido ao vento bastante intenso, com rajadas bastante fortes e agitação marítima. Foram sobretudo nas marinas nos concelhos de Machico, Santa Cruz e Funchal que ocorreu a destruição de mais de uma dezena de embarcações e avultados danos materiais em infraestruturas portuárias.

Luis Néri referiu ainda que se registaram situações pontuais de quedas de árvores, pequenos deslizamentos, cortes esporádicos de energia e de estradas, cuja actualização será feita em breve.

Todo o dispositivo da Proteção Civil, Governo Regional e dos vários municípios estiveram de prevenção.

Devido a esta situação, a Secretaria Regional da Educação decidiu encerrar hoje todas as escolas do arquipélago no período da manhã, devendo os responsáveis das várias escolas reavaliar a situação para a sua reabertura depois do almoço.

As más condições atmosféricas afectaram também o movimento de aterragens e descolagens no Aeroporto da Madeira e as escalas no porto do Funchal, tendo a 'Porto Santo Line' cancelado a ligação marítima entre as ilhas da Madeira e o Porto Santo programada para as 08:00 e regresso às 18:00.
 
Fonte: http://www.dnoticias.pt

 

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga