Prefeito de Paulista (PE) pede ajuda financeira a ministro para enfrentar erosão costeira

23:06 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


Foto: divulgação MI
O prefeito de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, Júnior Matuto, foi nesta segunda-feira (13) a Brasília para encontrar o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, em busca de alternativas para revitalizar a área degradada nas praias do Janga e Pau Amarelo.

Junior Matuto apresentou ao ministro um relatório sobre a degradação que atinge dois quilômetros da orla de Pau Amarelo. O avanço do mar no local motivou a decretação de situação de emergência. Com a medida, a administração municipal pretende também obter recursos para conter a erosão costeira nessa localidade.

Fernando Bezerra Coelho deve nos próximos 30 dias se posicionar sobre o pleito financeiro.

A região de Pau Amarelo foi severamente castigada no fim do último abril. A maré teve picos que variaram entre 2,4 e 2,6 metros. As chuvas e a velocidade dos ventos também serviram para intensificar a força das ondas e provocar a destruição de alguns bares erguidos na faixa de areia.

Mudança nos projetos


O ministro autorizou o prefeito a estabelecer mudanças no plano de trabalho da gestão anterior, que prevê a reurbanização da orla do Janga. A intenção é que a prefeitura realize as adequações necessárias baseando o planejamento numa técnica denominada Bagwall.

O mecanismo funciona como um dissipador de energia capaz de proteger a orla marítima e viabilizar a engorda natural da praia, restabelecendo a faixa de areia.

Cerca de R$ 13 milhões estão assegurados pelo Governo Federal para obras no Janga.

BAGWALL - O Bagwall já foi aplicado com sucesso nos municípios de Barra de Santo Antônio, em Alagoas, e Caucaia, no Ceará. Ambas as operações receberam suporte do Ministério da Integração Nacional.

Uma comissão constituída por técnicos da Prefeitura de Paulista e sociedade civil vai estar nesta quarta-feira (14) em Alagoas para conhecer de perto os resultados alcançados com o uso do Bagwall. Esse grupo vai compor ainda um comitê de monitoramento das futuras ações na costa paulistense.
Fonte: Blog do Jamildo

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga