Declaração de ministro evidencia que Jabes não buscou solução para avanço do mar (BA)

15:49 Marco Lyra | Engenheiro Civil | Especialista em Obras de Defesa Costeira. 0 Comentarios


O discurso sobre providências do governo municipal e estadual foram bonitos. Mas ação que é bom, NADA !
Novas informações apuradas com exclusividade pelo Blog Agravo dão conta de que existem muitas conversas desencontradas a respeito da situação do preocupante avanço do mar no litoral norte de Ilhéus e também sobre as dificuldades do Porto do Malhado, duas situações que representam um só problema.

Primeiro: o prefeito Jabes Ribeiro andou alardeando aos quatro cantos que estava preocupado com a situação, e que foi a Brasília pedir apoio no ministério da Integração, “etc e tal”, para reformar parte da pista destruída pelo mar. Mas todos sabem que o avanço do mar é motivado pela não conclusão das obras dos espigões da Praia do Norte, que reduziria a força da maré sobre a praia. Isso seria o “xis da questão”. Entretanto, nossa reportagem chegou à conclusão que o prefeito jamais moveu uma palha no departamento correto para pedir a solução definitiva do problema.

Essa conclusão deste blog se deu após analisar as declarações do ministro Edinho Araújo, da Secretaria dos Portos da Presidência da República, durante reunião com os deputados Bebeto Galvão e Ângela Sousa, que levaram a situação aos conhecimentos do ministro e protocolaram requerimento solicitando urgência na construção dos espigões nas regiões da Praia do Norte, São Miguel e São Domingos, para conter a invasão do mar. Ao saber da gravidade da questão, o ministro acionou o seu secretário executivo de Infraestrutura Portuária para fazer um estudo e verificar o que pode ser feito. Ora, com isso fica evidente que os deputados Bebeto e Ângela tiveram a primeira iniciativa oficial para solucionar o grave impasse. E Jabes, o que fez? “Espuma e engodo”.

Engodo e espuma parte 2: A dragagem
Outra questão duvidosa alardeada pelo prefeito é sobre o Porto do Malhado, que está há quase 10 anos sem fazer dragagem, que é o procedimento de ampliação do canal de acesso ao atracadouro. Nessa questão, o deputado Bebeto chegou a cobrar do ministro Edinho durante sessão plenária na Câmara (conforme divulgada pela imprensa em agosto) e reafirmada durante a audiência com o ministro nesta semana. Mais uma vez, o ministro disse que vai enviar equipe técnica para realizar estudo e posteriormente a realização da dragagem. Ora, então porquê Jabes disse em janeiro de 2014 que já estava com a ordem de serviço assinada para fazer a dragagem? Engodo puro.

Vídeo avanço do mar na zona norte de Ilhéus:


Fonte: agravo.blog.br

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga